Publicado por: Carlos Scomazzon | sábado, novembro 28, 2009

Cine Mais Cultura em Santa Catarina

O Ministério da Cultura, por meio do Programa Mais Cultura, e o Governo de Santa Catarina, lançaram, no dia 25 de novembro, o edital estadual para selecionar 55 Cines Mais Cultura. A iniciativa conta com R$ 825 mil em investimentos, sendo 66% de recursos federais e 33% de contrapartida do estado. A cerimônia da lançamento da iniciativa ocorreu durante a Conferência Estadual de Cultura, no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis.

As iniciativas selecionadas receberão kit com telão (4mx3m), aparelho de DVD player, projetor digital, mesa de som de quatro canais, quatro caixas de som, amplificador, dois microfones sem fio, dentre outros equipamentos. Também poderão escolher até 104 DVDs de obras brasileiras do catálogo da Programadora Brasil (filmes de ficção, documentário e animação em curta, média e longa metragens de todas as épocas, para todos os públicos). O acervo completo reúne cerca de 500 obras organizadas em 154 programas (DVDs).

Podem concorrer ao edital entidades privadas sem fins lucrativos de Santa Catarina que desenvolvam ou queiram desenvolver ações de exibição de obras audiovisuais e contribuir para a formação de plateias e o fomento do pensamento crítico, tendo como principal base obras audiovisuais brasileiras. As inscrições deverão ser feitas até 29 de janeiro de 2010. As fichas de inscrição e o edital estarão disponíveis nas páginas eletrônicas do Programa Mais Cultura, da ação Cine Mais Cultura, da Programadora Brasil, dos Territórios da Cidadania, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina. O resultado da seleção será divulgado no Diário Oficial da União, no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina e nos respectivos sites acima.

Além de fornecer equipamentos e acervo, o Cine Mais Cultura realiza oficinas de capacitação cineclubista com o objetivo de qualificar os participantes para a realização de programação, divulgação e debates das sessões; apoiar a formação dos oficinandos com introdução à história do cinema e linguagem cinematográfica; prestar informações sobre questões relevantes e atuais relativas à atividade exibidora, como direitos autorais e sustentabilidade. O trabalho é desenvolvido com apoio de um manual produzido em parceria com o Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros (CNC).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: