Publicado por: Carlos Scomazzon | domingo, novembro 29, 2009

Instituto C&A lança edital de apoio a projetos

O Instituto C&A lançou o edital do programa Prazer em Ler, exercício orçamentário 2010/2011, para selecionar organizações sociais que trabalham com projetos de incentivo à leitura. As inscrições podem ser feitas até 11 de dezembro. Podem se candidatar organizações que trabalham com educação de crianças e adolescentes e desenvolvem atividades de incentivo à leitura e formação de leitores. O instituto apoiará “polos de leitura”, ou seja, projetos de leitura elaborados em conjunto com outras organizações (no mínimo quatro), que também desenvolvem ações nesta área.

Estas organizações devem estar localizadas nas regiões metropolitanas/cidades nas quais a C&A opera comercialmente, exceto em São Luís, Natal, João Pessoa, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Paraty, São Paulo, Cuiabá, Curitiba e Porto Alegre. Nestas cidades já há projetos em andamento, que terão continuidade. As organizações interessadas devem preencher o formulário de apresentação de projetos, disponível no site e, posteriormente, encaminhar a proposta pelos Correios, até o dia 11 de dezembro, no seguinte endereço: Av. Pastor Luther King Junior, 126, Shopping Nova América – Espaço C&A – Del Castilho – Rio de Janeiro – RJ – Cep: 20.765-000.

Os projetos selecionados receberão apoio técnico e financeiro no âmbito do programa Prazer em Ler. Serão apoiados quatro pólos de leitura com um orçamento de até R$ 220 mil e prazo de execução de 12 meses (a partir de março de 2010 a fevereiro de 2011). O recurso irá contemplar a aquisição de acervo de livro e equipamento para biblioteca, organização do espaço de leitura, participação em eventos culturais e pagamento de pessoal. Os nomes das instituições selecionadas serão divulgados no site do Instituto C&A no dia 1º de fevereiro de 2010.

A avaliação das iniciativas inscritas considerará os seguintes aspectos: a) proposta do projeto construída pelo coletivo de organizações; b) experiência com promoção da leitura literária; c) disponibilidade de trabalho colaborativo com outras organizações; d) composição de equipe de trabalho com competências em práticas educativas de leitura literária e gestão compartilhada de ambientes de leitura; e) consistência do projeto de pólo de leitura (relações entre diagnósticos de leitura relativa à área de abrangência do pólo de leitura, objetivos, resultados, metodologia, ações e recursos); f) consistência dos planos específicos de leitura (relações entre as praticas especificas de leitura em articulação com as ações do pólo); g) apresentar viabilidade financeira, com base no plano de ação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: