Publicado por: Carlos Scomazzon | sábado, dezembro 19, 2009

‘Artame Gallery: Arte Solidariedade’ está no Rio

Integrante do projeto Ano da França no Brasil, a exposição Artame Gallery: Arte Solidariedade, juntamente com o Museu de Imagens do Inconsciente, apresenta as obras de 44 artistas plásticos franceses e 15 brasileiros, dividida em dois espaços no Rio de Janeiro, o Centro Cultural Justiça Federal e o Museu de Imagens do Inconsciente. Pinturas em diversos tipos de técnica, instalação, tricô, obras digitais, dentre outros trabalhos, compõem a exposição, que explora a arte como forma de expressão, respeitando a ética e a diversidade.

Artame Gallery, com o objetivo de romper o isolamento de artistas fragilizados por transtornos psíquicos, e Museu de Imagens do Inconsciente, do Instituto Municipal Nise da Silveira – um centro vivo de estudo aberto a pesquisadores de todas as escolas psiquiátricas –, trabalham para revelar o fascínio das formas e das cores por meio dessa coleção, uma verdadeira viagem ao inconsciente.

Artame Gallery é uma associação que foi reconhecida como Grupo de Ajuda Mútua pelo Ministério da Saúde da França, em 2005. Sua história remonta a 1992 e nasceu da constatação de que existem pintores, escultores, desenhistas, infografistas, fotógrafos, dentre outros artistas, que sofrem com algum tipo de distúrbio psíquico. Isolados nas cidades, querem se reunir, criar, expor e vender suas obras. Todos têm em comum a arte, advinda de formação acadêmica ou resultado de anos de trabalho e de experiência.

Atualmente, Artame Gallery é uma galeria-espaço de criação, de trabalho individual e coletivo, de encontros, trocas artísticas e convívio em um bairro popular de Paris congregando inúmeros ateliês e organizando grandes manifestações artísticas, como as Jornadas Portas Abertas de Belleville e de Ménilmontant. A Artame Gallery funciona diariamente, inclusive no horário noturno, e reúne cinquenta artistas associados e outros cinquenta interessados, ligados informalmente ao grupo. Todos podem criar livremente, participar de grupos de trabalho (imagens-escritura, fotografia, multimídia, gravura, desenho de modelos vivos etc.) e, de acordo com sua vontade, de exposições individuais e coletivas, manifestações e salões artísticos. Os artistas também compartilham a vida do bairro e fazem parte de uma rede artística local, nacional e internacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: