Publicado por: Carlos Scomazzon | quarta-feira, maio 26, 2010

Câmara edita livro sobre o herói nacional Sepé Tiaraju

Organizado pela 1ª Vice-Presidência e publicado pela Edições Câmara, o livro Sepé Tiaraju: herói guarani, missioneiro, rio-grandense e, agora, herói brasileiro resgata a história do índio missioneiro que liderou a resistência dos guarani contra a implantação do Tratado de Madri, em 1750. Em setembro do ano passado, o vice-presidente da República, José Alencar, sancionou a Lei 12.032, que inscreveu o nome de Sepé Tiaraju no Livro dos Heróis da Pátria. A Lei teve origem no projeto de lei 5516/05, de autoria do 1º vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS). O deputado defendeu que Sepé Tiaraju foi um herói ao liderar a resistência dos índios guaranis contra a implementação do Tratado de Madri, em 1750. O deputado ressaltou que o tratado era altamente prejudicial aos índios por obrigá-los a abandonar suas casas e bens.

Nascido em um dos aldeamentos jesuíticos dos Sete Povos das Missões, Sepé Tiaraju foi batizado com o nome de Joseph. Por ser um bom combatente e estrategista, ficou conhecido como Sepé, “facho de luz”, em tupi-guarani. Tornou-se líder das milícias indígenas que atuaram contra as tropas luso-brasileiras e espanholas na chamada Guerra Guaranítica. Sepé Tiaraju era corregedor da Redução Jesuítica de São Miguel, eleito pelos índios guaranis, quando da assinatura do Tratado de Madri, em 1750, pelo qual os reis de Portugal e Espanha trocavam os Sete Povos das Missões pela Colônia do Sacramento. O Tratado obrigava cerca de 50 mil índios cristãos a abandonarem a terra de seus ancestrais, onde haviam construídos igrejas e fazendas e exerciam a agricultura e a pecuária. Insurgindo-se contra a medida, Sepé liderou a resistência dos índios guarani. Morreu em 7 de fevereiro de 1756, enfrentando tropas portuguesas e espanholas no local chamado Batovi, hoje cidade de São Gabriel. Três dias depois, 1.500 índios foram trucidados na batalha do Caiboaté.

O nome de Sepé Tiaraju é a 11ª inscrição no Livro dos Heróis Nacionais. A inscrição marcou a passagem dos 250 anos da morte do índio missioneiro. Desde novembro de 2005, Sepé Tiaraju já constava como herói guarani declarado pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Para baixar gratuitamente o livro, acesse através do endereço da Biblioteca Digital da Câmara.

Anúncios

Responses

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Carlos Scomazzon, Blog Comunic@nte. Blog Comunic@nte said: Câmara edita livro sobre o herói nacional Sepé Tiaraju: http://wp.me/pezFO-2Ng […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: