Publicado por: Carlos Scomazzon | quinta-feira, maio 27, 2010

Caixa Cultural São Paulo apresenta o fotógrafo Luis Humberto

A Caixa Cultural São Paulo convida o visitante a percorrer o caminho visual realizado por Luis Humberto, do cenário público da política federal – pauta obrigatória da fotografia jornalística – à cena doméstica feita em paisagem. Entre eles, o olhar carinhoso e bem-humorado sobre sua querida família e o olhar de arquiteto sobre o lugar que escolheu viver. A exposição Luis Humberto, fotógrafo acontece de 29 de maio a 4 de julho de 2010, no centro da cidade (Sé), com entrada franca.

São 170 fotografias de seis coleções: Tempo veloz, Liturgia do poder, Cerrado, O Homem e o espaço, Paisagem Doméstica e Do lado de fora de minha janela, do lado de dentro de minha porta. Elas foram realizadas ao longo de 44 anos, com distintas motivações que se desenvolvem em paralelo, ao longo do tempo.

Luis Humberto é um dos maiores fotógrafos brasileiros. Ele tem mantido uma produção fotográfica, tanto no campo do fotojornalismo quanto na produção de imagens poéticas, nas últimas quatro décadas. Certamente, muito da história recente do Brasil deve ao fotógrafo a sua iconografia. Não sendo exclusivamente um grande fotógrafo, mas também um grande professor (é co-fundador da UnB) e um teórico da fotografia, com vários textos publicados, que servem de referência para os espectadores que querem conhecer mais sobre fotografia como também para gerações de fotógrafos brasileiros.

As exposições que tem produzido com sua obra, ao longo dos anos, têm tido um caráter mais pontual, de exploração de séries às quais se dedica. Esta é a primeira vez que uma panorâmica de sua obra é reunida em uma mesma mostra, o que se constitui em uma possibilidade única de se constatar como os diferentes “olhares” que Luís lança ao mundo, e que sua câmera captura, ao serem colocados lado a lado, transformam-se em um discurso coeso, que fala ricamente de seu autor e desse mundo, sujeito/objeto de seu trabalho.

A mostra, por outro lado, faz uma homenagem em duas vias: em uma delas, a este grande fotógrafo que dedicou seu trabalho, em grande parte, à documentação e à releitura de Brasília; e na outra, conseqüência da primeira, à nossa cidade, vista pelo olhar atento de um morador de primeira hora, pioneiro na aventura de construção da história da capital. O horário de visitação é de terça-feira a domingo, das 9h às 21h. A Caixa Cultural São Paulo (Sé) fica na Galerias Florisbela, D. Pedro e Michelon, na Praça da Sé, 111, em São Paulo/SP. Informações, agendamento de visitas mediadas e translado (ônibus) para escolas públicas podem ser feitas pelo telefone (11) 3321-4400.

Anúncios

Responses

  1. […] Autor:educacao « WordPress.com Tag Feed […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: